Notícias

Glúten, vilão ou mocinho?

Fonte: ProDieta - 15/08/2018

O glúten é uma proteína que está sempre presente no trigo, no centeio, na aveia e na cevada (e quando falamos desses alimentos, também estamos falando dos seus derivados, tipo farinha de trigo e tudo o que se faz com ela, como pães, bolos e biscoitos). É O glúten que dá a textura macia a esses alimentos.

O GLÚTEN FAZ MAL À SAÚDE?
Não, necessariamente. A não ser que a pessoa tenha alguma sensibilidade a ele (detectada em consulta com médico ou nutricionista). Para estas pessoas o glúten pode causar problemas como alergias, dermatite, prisão de ventre e aumento de peso. Além disso, existem algumas doenças que para serem tratadas exigem que o glúten seja retirado da alimentação: é o caso, por exemplo da doença celíaca (uma inflamação grave do intestino que causa crises de diarréia e cólica intestinal quando se consome qualquer alimento que contenha glúten – para facilitar a vida dessas pessoas, as empresas de alimentos são obrigadas a informar no rótulo do produto CONTÉM GLÚTEN / NÃO CONTÉM GLÚTEN).

DÁ PRA TER UMA ALIMENTAÇÃO SEM GLÚTEN?

Sim, mas mais importante do que isso, você precisa saber se realmente tem que ter uma dieta sem glúten (e isso, apenas o seu médico ou nutricionista pode te dizer).

A maior dificuldade da maioria das pessoas no início, é encontrar alguma alternativa para substituir os pães, bolos, biscoitos, cereais matinais, macarrão e tudo o mais que é feito principalmente com a farinha de trigo. Para substituí-los, o mais comum é encontrar alternativas como receitas de massas, biscoitos e pães à base de farinha de arroz integral, de quinua, de soja, ou mesmo com ingredientes mais refinados, como as féculas e polvilhos.


Assine a nossa Newsletter!

CNPJ: 24.159.329/0001-68